Geral SEGURANÇA PÚBLICA

Delegacia do Consumidor prende homem por falsa promessa de viagem à Europa

Prisão ocorreu em Belém, e suspeito ofereceria falsos pacotes de viagens com destino a vários países com a justificativa de 'turismo religioso'

11/07/2024 às 12h36
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:

A Polícia Civil do Pará, por meio da Delegacia do Consumidor (Decon), vinculada à Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE), prendeu preventivamente, nesta quinta-feira (11), em Belém, um homem por estelionato qualificado. A operação denominada de “Peregrino” investigou que o suspeito ofereceria pacotes de viagens com destino à Europa e outros países com a finalidade de realizar "turismo religioso". Cerca de 20 pessoas, em sua grande maioria idosos, procuraram a unidade policial para registrar o boletim de ocorrência.

“O homem recebeu mais de R$ 800 mil reais das vítimas, de apenas um dos grupos, sem ter nenhuma viagem marcada. Diante disso, as nossas equipes realizaram diligências e conseguiram identificar a destinação dos valores desviados pelo investigado, tendo sido apreendido um veículo recém-comprado, no valor de R$150 mil reais, bem como documentação que reforça as acusações feitas na investigação”, explicou o delegado-geral, Walter Resende.

Segundo o delegado da Dedcon, Yuri Vilanova, durante as investigações ficou comprovado que documentos falsos eram apresentados para as vítimas, além de passagens e reservas de hotéis inexistentes O criminoso tinha como estratégia de convencimento fazer reuniões dentro de igrejas junto com padres para dar veracidade ao seu discurso.

“As vítimas relataram que após as contratações, o suspeito marcava reuniões para que os contratantes pudessem escolher os destinos de viagem, porém no dia marcado sempre acontecia um imprevisto alegado por parte da agência de viagens”, contou.

Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, o preso encontra-se à disposição da Justiça.

Ele1 - Criar site de notícias