Terra Querida
Mau gosto!

Nobre lembra decisão do Paulista 2018 e crava: “VAR cheira mal!”

Revoltante! Parece brincadeira de mau gosto!

30/09/2019 07h00
Por: Leonardo Soares
58

Ex-presidente do Palmeiras, Paulo Nobre ficou revoltado com a arbitragem do empate contra o Internacional, registrado na tarde deste domingo, no Beira-Rio. Por meio de seu perfil oficial no Twitter, ele lembrou a polêmica final do Campeonato Paulista 2018 e reclamou do VAR.

Na decisão do último Estadual, ainda antes da oficialização do VAR, o árbitro Marcelo Aparecido marcou pênalti de Ralf sobre Dudu, mas voltou atrás. O Corinthians, então, ganhou por 1 a 0 no tempo normal e conquistou o título ao triunfar nos pênaltis por 4 a 3.

Aos 40 minutos do segundo tempo contra o Internacional, Bruno Henrique recebeu de Lucas Lima e mandou para as redes. Após rever o lance pelo monitor do VAR, no entanto, o árbitro Braulio Machado marcou toque de Willian na origem da jogada, em que o atacante palmeirense disputa a bola com Klaus.

“Revoltante! Parece brincadeira de mau gosto! Sinceramente, achei que esse recurso extracampo, que CLARAMENTE foi usado de maneira ilegal e decidiu a final do Paulistão de 2018, viesse oficialmente para ajudar e dar credibilidade ao futebol! Hoje, percebo que esse VAR cheira mal!”, escreveu Nobre.

Em outro post pulicado em seu perfil Twittter, o ex-presidente escreveu: “Sendo oficializado o VAR, ao invés de ajudar a dar credibilidade, cria mais dúvida nos torcedores de quase todos os times! Fora o fato da demora que mata a dinâmica do jogo! Lamentável!”.

No Estádio Beira-Rio, Maurício Galiotte, atual mandatário do Palmeiras, também reclamou do VAR e indicou favorecimento ao Flamengo, principal concorrente na disputa pela liderança do Campeonato Brasileiro. Ex-vice de Paulo Nobre, ele está rompido com o antecessor.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.