DROGARIA ECONOMICA
Unicef
Terra Querida
CAMPEÃO PIAUIENSE

Lateral Piauiense é campeão pelo Flamengo e entra para a história como o primeiro da Libertadores

Renê Rodrigues é lateral-esquerdo do Flamengo e integrou a equipe que levou para casa o título da Copa Libertadores da América.

25/11/2019 09h59Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Fonte: 100noticias.com.br
227

Natural de Picos, a 321 km de Teresina, o lateral-esquerdo Renê Rodrigues sagrou-se como um dos campões da Copa Libertadores da América, ocorrida neste sábado (23), em Lima, no Peru. 

O piauiense integra a equipe do  Flamengo, e apesar de ter sido substituído por Filipe Luís a partir das quartas-de-final, Renê foi o titular na lateral esquerda durante toda a fase de grupos e oitavas-de-final da competição.

Nas redes sociais, o piauiense comemorou o resultado com uma foto dormindo abraçado à taça já no voo de volta ao Brasil.

Renê também posou ao lado da família e do atacante flamenguista Gabigol, que teve uma participação decisiva na vitória de virada em cima do River Plate, da Argentina. 

Na postagem, o jogador agradeceu a Deus pela vitória do rubro-negro carioca: "Gloria a Deus por estar vivendo esse momento único, Deus é fiel!", enfatizou.

Durante o torneio, o lateral-esquerdo atuou durante os 90 minutos em oito jogos e entrou com bola rolando em outros dois. 

Dos 13 jogos na campanha do título da Libertadores, Renê atuou em 10.

HISTÓRICO

Renê iniciou a carreira na cidade de Picos, no clube de mesmo nome, disputando uma edição do Campeonato Piauiense.

O seu desempenho em campo despertou o interesse do Sport, o que o levou a ser contratado para as categorias de base do clube pernambucano.

Em 2017, o Flamengo anunciou o jogador piauiense como o novo reforço do time. Pela negociação, o rubro-negro carioca pagou ao Sport R$ 3,2 milhões por 50% dos direitos econômicos de Renê, em um contrato de quatro anos.

Renê já possui 146 partidas com a camisa do Flamengo, tendo marcado 4 gols e dado 9 assistências para gols. 

Em 2018, Renê foi eleito o melhor lateral esquerdo do campeonato brasileiro, vencendo o troféu Bola de Prata da Revista Placar e o prêmio Craque do Brasileirão, prêmio oferecido pela Rede Globo em parceria com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Este último lhe credenciando a entrar na Seleção do Campeonato Brasileiro de 2018. 

Já em 2019, o piauiense foi eleito o melhor lateral-esquerdo do Campeonato Carioca pela FFERJ.

O vínculo de Renê com o Flamengo vai até o dia 31 de Dezembro de 2020 e, apesar de ter sido sondado por clubes europeus como o Fenerbahce-TUR e Zenit-RUS, a expectativa é que as negociações se concluam para uma renovação de contrato por mais três anos com o clube carioca, com o objetivo de blindar o jogador.

O lateral piauiense deverá continuar no Flamengo em busca do título de bicampeão no Mundial de Clubes.

O torneio acontece entre 11 a 21 de dezembro no Qatar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.