Unicef
Terra Querida
Buscando liderança

Fortaleza enfrenta o Atlético buscando liderança do Estadual

Com maratona de jogos no início da temporada e visando preparação para enfrentar o Independiente, técnico Rogério Ceni realizará mudanças no Leão para a partida de hoje. Águia da Precabura busca a primeira vitória na 2ª fase

Esporte

Esportenoticias e informações do esporte

05/02/2020 08h47Atualizado há 3 semanas
Por: Leonardo Soares
Fonte: Diário do Nordeste
45
O primeiro semestre do Fortaleza tem um objetivo claro: a disputa da Copa Sul-Americana. Na próxima semana, o Tricolor fará jogo histórico contra o Independiente, na Argentina, e a preparação no início de ano tem este duelo como o foco. Por isso, nas outras competições, o técnico Rogério Ceni revezará jogadores. E é com muitas mudanças que o Tricolor entra em campo hoje, às 20 horas, para enfrentar o Atlético, na Arena Castelão.

O confronto, válido pela 2ª rodada do Campeonato Cearense, pode valer também como uma espécie de "laboratório" ao treinador leonino, que quer aproveitar estas oportunidades para observar os atletas o máximo possível.

"Estamos tentando alongar essa pré-temporada. Preparar os jogadores pro jogo que é o mais esperado e difícil, o do dia 13. Então estamos tentando rodar bem o time para dar 'minutagem' para todos. Aproveitar o Campeonato Cearense e a Copa do Nordeste pra isso. Vamos dar continuidade nesse planejamento. Independentemente de resultado, as trocas vão acontecer", admitiu Rogério Ceni, em entrevista coletiva após o Clássico-Rei do último sábado (1º).

Com o revezamento, Ceni consegue ainda dar descanso para que outros jogadores se preservem. Com isso, a equipe que entrará em campo hoje deve ser bem semelhante ao time que venceu o Caucaia, por 1 a 0, há uma semana, na estreia do Tricolor no Estadual. Mas se engana quem pensa que isso representa uma escalação sem novidades. É a oportunidade para que atletas como Michel, Edson Cariús, João Paulo, Ederson e outros possam mostrar serviço.

O atacante David, porém, ainda não fará sua estreia. Fora da condição física ideal, o atleta está sendo preparado para que esteja 100% fisicamente no jogo contra o Independiente, na quinta-feira da próxima semana.

A partida de hoje pode deixar o Tricolor na liderança da competição. Em caso de vitória, o Leão do Pici assume a ponta da tabela da 2ª fase do Estadual caso o Pacajus não vença o rival Ceará (em partida que também será disputada hoje, às 21h30min) e ainda mantém o aproveitamento de 100% na competição, além da invencibilidade na temporada, já que, até aqui, acumulou uma vitória e dois empates em três jogos.

Adversário focado

Do outro lado, porém, o adversário promete dificuldades. Após derrota por 2 a 1 para o Guarany de Sobral, na primeira partida da 2ª fase, o Atlético tenta a primeira vitória nesta etapa da competição para ir em busca não somente da classificação às semifinais, mas também uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro do ano que vem.

"A gente vai encarar e, dentro do nosso sistema, buscar pontuar para a gente permanecer brigando pelo G-4 e também buscar a vaga na Série D, que seria um calendário muito bom para o Atlético em 2021, destacou o treinador Raimundinho.

Para conseguir arrancar pontos do Tricolor, a Águia da Precabura terá que adotar estratégia inteligente e sem margem de erros.

"Temos que fazer aquele jogo perfeito para conseguir pontuar. Sabemos da superioridade que é, do elenco, do trabalho, do investimento, da torcida do nosso adversário. Mas vamos tentar fazer um grande jogo. Sabemos que é difícil, mas temos que ir lá encarar para tentar tirar pontos", disse o técnico.

Ficha Técnica:

Campeonato Cearense - 2ª fase
Arena Castelão
5 de fevereiro - 20 horas
Árbitro: Adriano Barros; Transmissão: Rádio Verdes Mares e Tempo Real em Globoesporte.com e diariodonordeste.com.br/jogada

Fortaleza
Marcelo Boeck, Tinga, Jackson, João Paulo, Bruno Melo, Derley, Michel, Nenê Bonilha, Marlon, Ederson e 
Edson Cariús. Técnico: Rogério Ceni

Atlético
Carlão, Washington, Junior, Matheus França, Fabinho, Lucas Maranguape, Daniel, Bolota, Ronda, Rogerinho e 
Vinicius. Técnico: Raimundinho



* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.