Segunda, 18 de Janeiro de 2021
(89)981305731
Dólar comercial R$ 5,3 1.814%
Euro R$ 6,41 +1.17%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.09%
Bitcoin R$ 200.935,47 -0.37%
Bovespa 120.348,8 pontos -2.54%
Economia Emergencial

Fim do auxílio emergencial deixará 48 milhões sem ajuda na pandemia

Último pagamento será feito hoje

29/12/2020 10h07 Atualizada há 3 semanas
81
Por: Redação Fonte: 100noticias.com.br
Fim do auxílio emergencial deixará 48 milhões sem ajuda na pandemia

BRASÍLIA — Com o fim do auxílio emergencial, 48 milhões de pessoas, sobretudo trabalhadores informais, ficarão sem ajuda financeira do governo federal a partir de janeiro, apesar do aumento de casos de Covid-19 e das restrições impostas a alguns setores para evitar aglomerações.

A última parcela será paga pela Caixa Econômica Federal nesta terça-feira.

O pagamento será feito hoje a 3,2 milhões de brasileiros, encerrando o calendário iniciado em abril. De acordo com o Ministério da Cidadania, em 2021, só serão efetuados pagamentos resultantes de contestações administrativas e extrajudiciais e de decisões judiciais.

Em paralelo, o Ministério da Cidadania se prepara para o retorno do Bolsa Família, programa que atende a 19,2 milhões de pessoas — que, em abril, migraram para o auxílio emergencial.

O governo gastou até agora quase R$ 300 bilhões para pagar o auxílio a 67,9 milhões de pessoas. Isso só foi possível graças ao decreto de situação de calamidade pública, que termina no próximo dia 31 e criou o chamado Orçamento de guerra para despesas no enfrentamento da pandemia.

A equipe econômica chegou a propor alternativas para abrir margem no Orçamento, a fim de manter o apoio à parcela mais vulnerável da população. Mas as medidas foram vetadas pelo presidente Jair Bolsonaro, que declarou que não tiraria de pobres para dar a “paupérrimos”, quando foram sugeridas medidas como ajustes em programas sociais existentes e congelamento de aposentadorias.

Há ainda a preocupação de não romper o teto de gastos, que limita o aumento das despesas.

Cristino Castro - PI
Atualizado às 00h13 - Fonte: Climatempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 36°

27° Sensação
10.4 km/h Vento
52.9% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens
Quarta (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias