Quinta, 02 de Dezembro de 2021
Piauí Prova de vida

Governo do Piauí bloqueia 6 mil contracheques por falta de prova de vida

Governo do Piauí bloqueia 6 mil contracheques por falta de prova de vida

23/11/2021 às 22h43
Por: Redação Fonte: Natanael Souza [email protected]
Compartilhe:

Mais de 6 mil aposentados e pensionistas do Governo do Piauí tiveram o benefício bloqueado após não realizarem a prova de vida, entre os meses de julho e outubro deste ano.

Com o bloqueio, os beneficiários atingidos já não recebem os valores referentes à folha do mês de novembro, que deve ser creditada no próximo dia 30. 

A Fundação Piauí Prev, responsável pelos benefícios, deu início nos últimos a uma série de análises para identificar se pessoas que já morreram continuam tendo o benefício creditado nas contas e se o recurso está sendo utilizado por familiares. 

"Estamos fazendo agora o cruzamento com sistema nacional de óbitos, exatamente para ver a quantidade de óbitos desse universo e fazer a exclusão definitiva.

Há casos que pode ser tenham pessoas que a família não avisou do falecimento, há casos em que a pessoa falece e a família continua recebendo, mas a maioria dos casos é de pessoas que falecem, mas a família não mexe, oi dinheiro fica na conta”, explicou o presidente da Fundação Piauí Prev, Ricardo Pontes, ao ressaltar que o Governo do Estado vai solicitar o estorno dos valores depositados irregularmente, que deverão ir para o Fundo Estadual de Previdência. 

De acordo com a Fundação Piauí Previdência (Piauí Prev), 3.826 aposentados e 2.497 pensionistas estão em situação irregular. Quem ainda não realizou a prova de vida pode fazer o procedimento através do aplicativo “Meu RPPS”.

“Para poder reativar o pagamento, é preciso baixar o aplicativo no celular e por lá seguir as orientações e fazer a prova de vida, que nada mais é do que tirar uma foto do documento oficial e uma selfie. O sistema faz o batimento biométrico facial com essas informações e o nosso banco de dados”, destacou Ricardo Pontes. 

Todos os segurados que ainda não realizaram a prova de vida receberão avisos no contracheque bloqueado. 

Déficit da previdência 

O presidente da Fundação Piauí Prev, Ricardo Pontes, ainda destacou que o Piauí possui atualmente um déficit de R$ 30 milhões/ mês. Segundo ele, houve uma redução significativa motivada pela adoção de medidas como a reforma da previdência estadual, a implantação da previdência complementar e a prova de vida. 

Ele1 - Criar site de notícias