Quinta, 02 de Dezembro de 2021
PANDEMIA Vacinas de reforço

Piauí recebe a primeira remessa de vacinas de reforço para a população em geral

São mais de 98 mil doses de vacinas contra a Covid-19 que serão usadas como terceira dose para toda a população acima de 18 anos.

25/11/2021 às 18h42 Atualizada em 25/11/2021 às 18h48
Por: Redação Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

O Piauí recebeu nesta quinta-feira (25) a primeira remessa de vacinas contra a Covid para serem usadas como dose de reforço para a população em geral, acima de 18 anos. São 98.280 doses da vacina Pfizer-BioNTech, que foram enviadas pelo Ministério da Saúde, através do Plano Nacional de Imunização.

O estado já está vacinando uma parcela da população com a terceira dose. Por determinação do secretário Florentino Neto, a vacinação começou antes mesmo da chegada das vacinas para esse público. De acordo com levantamento realizado pela Sesapi, com base no Vacinômetro, o Piauí possui o percentual de 4,31% da população vacinada com a dose de reforço. São 93.125 pessoas com 60 anos ou mais; 44.256 trabalhadores em saúde; 3.735 imunossuprimidos e 279 pessoas de 18 a 59 anos.

Segundo orientação do Ministério da Saúde, a dose de reforço deve ser preferencialmente da Pfizer e administrada cinco meses após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), independente do imunizante aplicado. A população com alto grau de imunossupressão também receberá dose de reforço da Pfizer. Nesse caso, a aplicação do reforço deve acontecer em 28 dias após a última dose do esquema básico.

Segundo o secretário Florentino Neto, é importante não perder a oportunidade de tomar a dose de reforço, que proporciona uma proteção a mais contra a doença. “Quem vai tomar a dose de reforço deve obedecer à regra de ter se vacinado há cinco meses, como forma de ampliar a resposta imunológica esperada com a dose de reforço ao esquema vacinal completo”, destaca o gestor.

Ele1 - Criar site de notícias