Sexta, 21 de Janeiro de 2022
Piauí Sesapi

Sesapi realiza testagem e atendimento médico com famílias desabrigadas em Teresina

No unidade estão alojadas 81 pessoas. A ação contou com testagem para HIV e Hepatites, testagem para Covid-19, além de atendimento médico.

12/01/2022 às 17h07 Atualizada em 12/01/2022 às 17h20
Por: Redação Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) presta assistência às famílias teresinenses que foram desalojadas devido a cheia do rio Parnaíba e na manhã desta quarta-feira (12) promoveu uma ação na Escola Municipal Iolanda Raulino, localizada no bairro Mafrense. No unidade estão alojadas 81 pessoas. A ação contou com testagem para HIV e Hepatites, testagem para Covid-19, além de atendimento médico.

A medida foi realizada através das equipes da superintendência de Atenção Básica da Sesapi e aconteceu durante toda a manhã. O secretário Florentino Neto colocou que é essencial prover esses serviços para as famílias que estão em situação de vulnerabilidade.

“Nossas equipes foram até o local e realizaram os trabalhos de testagem e orientação durante toda a manhã. Nesse momento de vulnerabilidade é essencial termos o poder público disponibilizando cuidados de saúde para a essa parcela da população”, destacou o gestor.

Sesapi realiza testagem e atendimento médico com famílias desabrigadas em Teresina
Foto: Reprodução/Secom Piauí

Herlon Guimarães, Superintendente de Atenção Básica a Saúde e Municípios, destaca que a parceria com a Secretaria Municipal é essencial para que os trabalhos realizados durante a ação na escola Iolanda Raulino tenham resultados.

“Ações voltadas para a atenção primária trazem mais saúde para a nossa população. Aqui temos mais de 80 pessoas nessa unidade escolar, mas como sabemos que é importante ter o atendimento da população, deixamos aberto para as demais pessoas que estão abrigadas em outras unidades virem até o espaço e fazerem testes, saindo daqui com as orientações adequadas”, apontou o superintendente.

Daniele Martins dos Santos é uma das pessoas que estão alojadas na unidade e colocou que é muito importante ter esse acesso aos serviços. “Para irmos até uma unidade de saúde temos que ter um gasto que atualmente não podemos ter, o serviço de saúde vir até a gente é muito bom, nos da acesso a serviços de saúde” disse Daniele.

Veja também
Ele1 - Criar site de notícias